Pesquisar neste blogue

domingo, 20 de setembro de 2015

Pedra de Entrada


Na cultura oriental, a pedra tem o sentido de conhecimento, longevidade e, principalmente, eternidade e é o elemento mais difícil de ser trabalhado em harmonia.
A pedra pode pois separar a vida da eternidade.
E quando se abre inadvertidamente a pedra de entrada é possível que se corrompa um equilíbrio qualquer entre o aquém e o além, entre o presente e o futuro.
Como se todos nós perdêssemos metade da nossa sombra
Uns passam a viver apenas das recordações e se recusam a libertar delas.
Outros perdem a memória e não compreendem o sofrimento das recordações dolorosas
Só se volta a deixar as coisas em ordem quando fecharmos novamente a pedra de entrada.
Por outras palavras, quando resolvermos as zonas de fronteira mal resolvidas.
Pode ser a sombra de um novo projeto.
Ou outra coisa qualquer!