Pesquisar neste blogue

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Lokrum




Uma ilha perto de nós, a apenas dez minutos de um barco que se afasta do porto velho aos solavancos, com muralhas a desaparecer no verde da ilha e do mar.
Em Lokrum, vamos à praia no mar alto, bebemos cocktails com os pés na água da lagoa salgada, imaginamos os frades beneditinos nas ruinas do mosteiro – terá sido uma manifestação de agradecimento aos cidadãos da república, por safá-los de provações maiores -
No cimo do monte, os restos do forte tinham a marca de Napoleão e os objetivos eram diferentes.
A vista sobre a cidade era gloriosa e os franceses lamberam-se de gula.

Pouco tempo depois engoliram a República!