Pesquisar neste blogue

domingo, 30 de dezembro de 2012

Os seis pecados mortais (latino incompreensíveis)dos nórdicos


São indiscutivelmente mais evoluídos no respeito pelas regras de conduta de convivência em
Mas revelou-se um povo de relevantes pecados mortais
         i.            Desligam a máquina do café expresso a meio do jantar dos clientes (acho que é de propósito “ai vais querer café não eu desligo a máquina”)
       ii.            Têm o péssimo hábito de começar (e acabar) tudo a horas esta mania de cumprir horários, só pode ser doença congénita. Segundo prima J. é a teoria dos 8*3, 8 horas de trabalho, 8 horas de lazer e 8 horas de descanso!
      iii.            São obsessivamente adeptos do faça você mesmo, pelo que esperar no aeroporto é aguardar que encontremos o motorista dentro de um gigante autocarro amarelo, algures na escuridão da rua, obviamente nas chegadas que era a porta da direita e as partidas a da esquerda, duas portas de saída, duas portas de entrada, a mesma! Para nós nunca nos passou pela cabeça que o motorista em mangas de camisa nos esperaria pacientemente dentro do autocarro e que nunca lhe passaria pela cabeça nos procurar dentro do aeroporto. Motorista, logo, não guia. Uma inconciliável diferença cultural que só entendemos quando nos lembrámos do IKEA (desculpa aos dinamarqueses por me atrever a evocar um nome sueco)
     iv.            E depois explicam tudo o que se vai passar...sem surpresas
       v.            Insistem em jogar golf em campos nevados
     vi.            Paradoxo do serviço / Todos ganham bem logo o serviço é caro para todos, logo são comedidos, logo usufruem menos / Colocando a questão das 8*3 na equação então percebe-se que serviço bem diferenciador (por exemplo, fora de horas é escasso) é muito caro, logo não usam. Ganham bem, são protestantes frugais, não trabalham em excesso e fogem do serviço, logo não têm serviço. A igualdade na riqueza é assim uma equação impossível com qualidade de serviço. Serviço, significa desigualdade intrínseca! Então ricos, para quê? Imaginem então o choque para quem não ganha bem
IOL!

Sem comentários:

Enviar um comentário