Pesquisar neste blogue

domingo, 5 de julho de 2015

Small Fountains (ou os despojos do Santo João)

Ainda cheira a restos de fogo
Queimam ainda os restos da sardinha
As gaivotas sobrevoam as espinhas e as peles
As ruelas regressam ao seu estado salobro
Inclinadas, sombreadas de uma pedra sem ornamentos nem fitas coloridas
O silêncio é apenas cortado pelos sons dos pequenos guardiões dos pátios que empunham metralhadoras de água mas que se rendem com uma festa na cabeça
Incondicionalmente
O fumo vai-se impregnando na pedra
As vizinhas voltam a trocar conversas
A roupa volta a estender-se ao Sol
E as mentiras passam a ser inscritas como verdades
Fontainhas, made in Douro